Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, XXII Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica da UTFPR

Tamanho da fonte: 
ANÁLISE DE DEFEITOS TOPOLÓGICOS EM UMA AMOSTRA DE CRISTAL LÍQUIDO NEMÁTICO
GUSTAVO COUSSEAU, César Augusto Refosco Yednak

Última alteração: 2018-05-30

Resumo


OBJETIVO: Neste trabalho, é proposta uma investigação da dinâmica dos defeitos topológicos em uma amostra de cristal líquido (CL) nemático, com condições de contorno periódicas, em outras palavras, com que velocidade esses defeitos se colapsam, mediante as posições iniciais desses defeitos ao longo da amostra, à medida que esta esfria com o passar do tempo. MÉTODOS: Será realizado um tratamento de dados obtidos de simulações computacionais, para uma amostra de CL nemático, utilizando uma discretização do modelo de Ginzburg-Landau, conhecida como modelo XY [1]. RESULTADOS: O colapso dos defeitos ocorre à medida que o tempo passa; em um determinado momento, eles tornam-se um ponto só. É possível observar que, pegando pares de defeitos com suas posições relativas diferentes, os deslocamentos desses pares não são iguais e, consequentemente, as velocidades relativas, também não são. CONCLUSÕES: A análise dos defeitos mostra que a cada instante de tempo eles se aproximam, ou seja, diminuindo o espaço entre eles e aumentando a velocidade de aproximação.

 


Palavras-chave


Amostra nemática. Defeitos topológicos. Colapso de defeitos.

Texto completo: PDF