Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, XXIII Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica da UTFPR

Tamanho da fonte: 
Análise do VTEC e da tendência interfrequência estimada pelo modelo GIB
MARCOS VINICIUS SALVADOR BANACH

Última alteração: 2019-04-01

Resumo


A ideia de localização sempre foi um fator importante na história da humanidade. Nos últimos anos com o desenvolvimento tecnológico surgiram importantes tecnologias espaciais como o GPS, GLONASS Galileo, entre outras, que permitem o posicionamento e navegação com nível de acurácia sem precedentes. Entretanto, a qualidade dos resultados obtidos utilizando essas tecnologias denominadas de GNSS é fortemente afeta pela influência da ionosfera na propagação dos sinais transmitidos por esses sistemas. Com isso alguns modelos matemáticos que descrevem o comportamento ionosférico foram desenvolvidos e implementados em forma de algoritmos a fim de corrigir estes erros e melhorar a confiabilidade do posicionamento GNSS.

Com os dados recolhidos da Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo e International GNSS Service, utilizou-se o programa GIB para a obtenção de alguns parâmetros das leituras, analisando principalmente o VTEC e VTECbias. Assim, pode-se analisar os erros dos dados e aplicar a correção dos efeitos ionosféricos sobre os mesmos melhorando a qualidade dos resultados de posicionamento e navegação.

Analisando os dados corrigidos observa-se a importância de desenvolver modelos ionosféricos capazes de melhorar a performance no uso de tecnologias GNSS.