Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, XXIII Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica da UTFPR

Tamanho da fonte: 
ANALISE DA TRAJETÓRIA MULTIFÁSICA VINCULADO ECO INOVAÇÕES EM ENERGIAS RENOVÁVEIS NO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU
Beatriz Silva Rodrigues, Andriele de Prá Carvalho., Liliane Hellman

Última alteração: 2018-10-23

Resumo


As trajetórias tecnológicas inovadoras passaram a buscar maneiras eficientes de preservação ambiental aliada às vantagens competitivas organizacionais. Nesse sentido, a ecoinovação é uma abordagem que contribui para entender a relação entre a sociedade, a economia e o meio ambiente. Os parques tecnológicos são considerado ambientes propícios ao desenvolvimento de tecnologias inovadoras. O Parque Tecnológico Itaipu (PTI) abriga projetos ecoinovadores em energias renováveis em uma dinâmica que pode ser explicada pela perspectiva multinível (MLP) de Geels (2006) da teoria da transição sociotécnica. O objetivo deste artigo foi analisar a trajetória de desenvolvimento de quatro ecoinovações em energias renováveis do PTI, enfocando a análise multifase da MLP. O estudo de caso múltiplo foi de natureza qualitativa, sendo a entrevista com os gestores dos projetos investigados a principal técnica aplicada. Dos casos investigados, duas ecoinovações encontram-se na fase de especialização técnica (fase 2), enquanto as outras duas ecoinovações estão na fase de difusão e o avanço da tecnologia (fase 3). Os resultados demonstraram que o PTI criou um ambiente propício ao desenvolvimento de empresas ecoinovadoras em energias renováveis.


Palavras-chave


ecoinovação; perspectiva multinível;transição sociotécnica