Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, XXIII Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica da UTFPR

Tamanho da fonte: 
ANÁLISE DA PUBLICAÇÃO DE INFORMAÇÕES NAS REDES SOCIAIS POR ÓRGÃOS DE SEGURANÇA PÚBLICA NO CONTEXTO DAS CIDADES INTELIGENTES
ARTHUR FACIN DE BORTOLI

Última alteração: 2018-10-23

Resumo


O crescimento das cidades têm sido a tônica em trabalhos acadêmicos acerca da gestão pública, onde se argumenta, tendo o embasamento no conceito de smart cities, a respeito de uma relação positiva entre o crescimento das cidades e o aumento na complexidade e desafios de gestão para autoridades governamentais, inclusive no campo da segurança pública, que é o lócus teórico macro deste trabalho. Este trabalho tem por questão de pesquisa entender como se caracterizam as publicações dos órgãos de segurança pública em redes sociais e como os cidadãos interagem mediante tais publicações. Define-se por objetivo a análise da publicação de informações nas redes sociais por órgãos de segurança pública no contexto das cidades inteligentes. Delimita-se como objeto de análise o 3º Batalhão da Polícia Militar do Paraná (3ºBPM) e suas postagens em sua página no Facebook. É ainda analisada a interação dos cidadãos com o 3ºBPM por intermédio destas postagens. Para tanto, é feito o uso da técnica de Open Coding tanto para a realização da coleta de dados como para a análise de dados donde emergiram categorias formais e materiais. Foi descoberto que o conteúdo mais publicado foi ocorrências policiais, todavia foi o que gerou em média o menor engajamento, tendo como contrapartida publicações da categoria “serviços à população” que geraram o maior engajamento. Os resultados também mostraram que o 3ºBPM segue a maior parte das diretrizes de uso de redes sociais, preconizadas pela literatura, devendo atentar, contudo para interações diretas com o público.

Palavras-chave


cidades inteligentes; redes sociais; segurança pública