Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, XXIII Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica da UTFPR

Tamanho da fonte: 
Efeito da concentração de corante têxtil na fotodegradação utilizando catalisadores ZnO/NaY
Emanuele Barreto Stange de Lima, Thábata K. Formicoli de Souza Freitas, Andréia Anschau, Renata Padilha de Souza

Última alteração: 2018-10-18

Resumo


A tinturaria é um processo antigo em que se faz uso de corantes para dar acabamento aos tecidos. O jeans é um dos produtos que utiliza essa técnica, porém o uso de corantes torna- se um problema ambiental, pois gera alto índice de resíduos, os quais podem promover a contaminação da água e até mesmo depósito de material cancerígeno. A água usada nestes processos industriais necessita de tratamento antes de ser descartada em corpos hídricos. Um dos tratamentos que vem sendo estudados, consiste na fotocatálise heterogênea, a qual se baseia na geração de radicais hidroxila, na presença de luz e catalisador, caracterizando um processo viável, de baixo custo e elevada eficiência na degradação de compostos orgânicos recalcitrantes. Portanto, o objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito da concentração de corante têxtil Azul Reativo 5G em 10 e 100 ppm na fotodegradação, utilizando os catalisadores ZnO puro e com 5, 10 e 15% de ZnO impregnado em zeólita NaY, em pH 3, concentração de catalisador 0,250 g L-1 e tempo de reação de 300 min. A eficiência da fotodegradação foi avaliada por meio da redução de absorbância (%) no comprimento de onda de máxima absorção do corante (625 nm). Verificou-se que a concentração do corante teve importante influência na atividade fotocatalítica dos catalisadores, pois o aumento da concentração de 10 para 100 ppm prejudicou a degradação, devido ao impedimento da passagem de luz para promover a ativação do catalisador

Palavras-chave


: Fotocatálise. Corante Azul Reativo 5G. Óxido de Zinco. Zeólita