Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, XXIII Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica da UTFPR

Tamanho da fonte: 
ESTUDO COMPARATIVO DO TEOR DE MINERAIS EM FARINHA DO CAROÇO DE ABACATE E FARINHAS CONVENCIONALMENTE UTILIZADAS EM PÃO SEM GLÚTEN
ANA Leticia BACK, Angela Claudia Rodrigues, Fernanda Casper Zimmer, Oldair Donizeti Leite

Última alteração: 2018-10-20

Resumo


A intolerância à ingestão do glúten (proteínas encontradas no trigo, centeio e cevada) tem como forma de tratamento a exclusão de produtos que possuem essa proteína em sua composição da alimentação. Para a produção de produtos isentos dessa proteína, utilizam-se farinhas alternativas que não contém glúten. Para esta finalidade buscou-se produzir Farinha a partir de Caroços de Abacate de variedades distintas, quantificar macro e micronutrientes presentes nessas farinhas e outras farinhas convencionais e discutir a aplicação destas em formulações futuras para a produção de pães. Para isso, foram preparados os caroços, cortados e triturados para a produção da farinha. As amostras de farinhas foram digeridas em ácido nítrico em forno micro-ondas e posteriormente submetidas à análise de minerais. As farinhas produzidas com Caroços de Abacate apresentaram resultados satisfatórios para as análises dos minerais, mostrando benefícios, em relação às farinhas convencionais, para a produção de produtos sem glúten.


Palavras-chave


Minerais. Caroços de abacate. Glúten.